ÚLTIMAS POSTAGENS
  • Como identificar, priorizar e definir problemas

    Como identificar, priorizar e definir problemas

    Primeiramente é necessário compreender o que é um problema. Problema é alguma coisa que acontece, mas você não queria que fosse daquele jeito, o problema pode ser pequeno como a iluminação do sol variando e atrapalhado o andamento de uma gravação por ajustes da luz, ou pode ser grande, como uma baleia colidindo com a sua embarcação, causando um naufrágio. Essas são algumas percepções de tamanhos de problemas. Algumas pessoas dizem não ter objetivos na vida porque isso causa problema, tendo objetivo ou não, todos nós temos problemas.

    Durante minha viagem Volta ao Mundo, diversas foram as histórias que acontecem com a tripulação, entre elas, quando capotamos o barco. Estávamos no Mar da Tasmânia. Logo de primeira, tudo ocorria muito bem, o vento soprava a nosso favor e o barco velejava tranquilamente as ondas que chegavam a 5 metros. O problema começou quando as ondas foram ficando cada vez maiores e uma tempestade apareceu. O barco respondeu a tudo aquilo velejando a uma velocidade de 140 km/h. De repente a escolha errada! Viramos no sentido contrário e acabamos capotando, o próprio fluxo das ondas nos colocou em pé novamente e o mar permaneceu revolto por cerca de 4 dias até vir a calmaria. 

    “Costumo ser um capitão extremamente metódico, gosto de velejar com todos os cabos bem amarrados e qualquer barulho fora do comum me deixa intrigado. No momento em que o barco capotou, tudo ficou fora do lugar, as cordas e os cabos se soltaram e o barulho era horrível, mas a única coisa que se passava na minha cabeça naquele momento era me salvar e não deixar o barco afundar. Utilizando a analogia para discernir o pequeno do grande problema, é necessário que você saiba claramente qual o seu objetivo final, no meu caso, no momento da capotagem era: não morrer. Definido esse objetivo, qualquer outra coisa que venha a acontecer, não deverá te atingir.”

    Portanto, saber claramente qual o seu objetivo vai auxiliar no dia-a-dia da sua empresa ou mesmo na sua vida pessoal. A resolução dos problemas que estão alinhados para alcançar a meta final é extremamente necessária visando o melhor andamento da tomada de decisões.

    Voltar para página anterior Data de Publicação: 21/01/2020
  • Como delegar tarefas

    Como delegar tarefas

    Para analisar os fatores que estão incorporados no procedimento de delegar tarefas sem perder a motivação dos colaboradores da sua equipe é necessário seguir a risca 4 passos. Fique atento, o 4º passo é fundamental e é o que eu mais ponho em prática. 

    Para delegar as funções de cada colaborador é necessário conhecer exatamente sua equipe. Quem é melhor fazendo o quê? Alguns são mais adeptos ao trabalho administrativo, outros conseguem desempenhar um melhor resultado quando desenvolvem o trabalho operacional. As tarefas devem ser delegadas de acordo com o perfil do colaborador. Essa é a primeira das 4 etapas. 

    A segunda etapa consiste em ser claro quanto às tarefas. É preciso ter a absoluta certeza de que as pessoas entenderam o que precisa ser feito, principalmente quando falamos de novos colaboradores. Pelo fato de ainda não terem se adaptado de forma integral ao trabalho, podem sentir-se “constrangidos” e afirmar ter entendido o objetivo da atividade  mesmo que isso não seja verdade.

    O terceiro ponto fundamental é definir prazos. É preciso deixar claro para sua equipe as consequências da não realização de alguma tarefa. Tudo precisa ser devidamente alinhado.

    A última e talvez mais importante etapa desse processo é oferecer suporte. Um bom líder busca auxiliar a equipe no que for preciso. Ajude quem tem dificuldade. Aprender a delegar é um processo no qual não basta apenas tocar a bola e esperar que alguém faça o “gol”, entenda que as consequências pela não realização das atividades (a perda do gol) não vão desaparecer apenas porque você mandou alguém resolver (tocou a bola).

    Voltar para página anterior Data de Publicação: 12/02/2020
  • Sonhar Pra Quê?

    Sonhar Pra Quê?

    Sobreviver a maior tempestade de toda viagem, após o barco capotar nas ondas gigantescas do Mar da Tasmânia, foi um momento relativamente fácil. O instinto de sobrevivência falou mais alto e eu só pensei numa coisa: Não quero morrer aqui O momento mais difícil da viagem de volta ao mundo foi depois da capotada, quando cheguei a Austrália. O sangue esfriou e comecei a sentir um medo incontrolável de seguir viagem, algo que eu nunca tinha sentido. Sabem o que me deu coragem para seguir adiante? Foi lembrar do meu sonho de infância de dar uma volta ao mundo! Lembre-se que na sua careira, você também vai sentir medo depois que algo der muito errado, portanto, tenha uma certeza absoluta: Você também vai “capotar” na sua vida profissional! Nessa hora, ter um propósito muito maior, vai te ajudar a levantar sua moral e não desistir Quer atingir resultados extraordinários? Tenha muito claro qual o seu Grande Sonho!


    Link do vídeo no Youtube:

    Voltar para página anterior Data de Publicação: 19/10/2020